A melhor


Já conheço ela há quatro anos, mas ontem a "redescobri" e passei nada menos que dez horas conectado nela. Quem é? Não, não pensem besteiras!

É a rádio online de classic rock da Virgin. Fantástica! AC/DC, Beatles, Zeppelin, Stones, Kiss, Van Halen, Doors, Janis, Hendrix, enfim, tudo o que de melhor existe no mundo das guitarras estão lá. E os sons não se repetem. As bandas, sim, mas isso eu acho ótimo!

Curtam bastante! Cliquem aqui e divirtam-se!
Não acredito...
Vindo dele, não dá para acreditar, mesmo. Último post do blog "Godard City", de Rogério Skylab.

NOTA DE FALECIMENTO

Morreu hoje à tarde, acometido por um infarto fulminante, o jovem compositor Rogério Skylab. Mesmo jovem, Skylab era dono de grandes sucessos populares – músicas caídas no gosto popular e que no entanto lhe davam um profundo pesar. A peculiaridade disso deve-se ao fato de que Skylab sofria com tudo que tivesse origem popular. Devotou horas em cima de “ULYSSES” de James Joyce. Bebia na fonte de John Cage, Varese e Strawinski. Expressava desdém por compositores populares como Martinho da Vila, Zeca Pagodinho e Caetano Veloso. O trágico em sua vida é que quando esboçava algum trabalho erudito, frustrava-se. E frustrava-se sobretudo porque constatava que o seu trabalho era cópia. Passou mesmo a desenvolver, sadicamente, a procura por semelhanças que o fizessem demovê-lo de seu trabalho. Constatada a semelhança, desistia. Pra piorar a situação, ia distraidamente construindo alguns sambas (estilo que odiava), alguns frevos, alguns maracatus. Ficava profundamente consternado quando constatava que seu nome era lembrado justamente por essas fáceis canções. Em função delas, ganhou prestígio, dinheiro e reconhecimento nacional, mas, em sua intimidade, ganhou também um profundo pesar. Hoje, às 17:30 horas, em plena rua do Ouvidor, bem próximo à Confeitaria Colombo, após ter assistido a uma exposição da artista plástica Beatriz Milhazes no Centro Cultural do Banco do Brasil, o compositor Rogério Skylab sofreu um infarto fulminante, vindo a falecer em meio aos transeuntes. O enterro está marcado para amanhã, 15:00 horas, no cemitério do Caju.

Se morreu, mesmo, foi uma grande pena. Se não, vá se foder, Skylab, seu mórbido de merda!